Transtorno ou Dificuldade de aprendizagem?

Transtorno ou Dificuldade de Aprendizagem?

Rosa Guimarães- Psicóloga e Terapeuta Cognitivo- Comportamental

Há bastante tempo é estudado o que distingue um transtorno de aprendizagem de uma dificuldade na aprendizagem. Atualmente estes dois temas se diferenciam. Podemos compreender que um indivíduo que manifesta uma dificuldade para aprender, o apresenta devido a vários fatores, sendo eles externos ou internos.

Alguns autores propõem que quando os fatores que interferem são internos, como questões genéticas e alterações no Sistema Nervoso Central, são considerados “Transtorno ou distúrbio na aprendizagem”. Já quando a causa é externa ao indivíduo ela é considerada uma “dificuldade na aprendizagem”.

Questões a serem consideradas quando se trata de dificuldade na aprendizagem podem estar relacionadas a fatores individuais, a escola ou a família. Problemas emocionais, físicos, sociais, culturais, a metodologia utilizada para ensinar determinado conteúdo, a didática do professor e as condições físicas do ambiente, também são fatores que podem influenciar nesse quadro.

Diante disso, a dificuldade de aprendizagem pode ser resolvida ou amenizada com a identificação do problema e sua solução.

Já no tocante ou Transtorno de Aprendizagem a principal causa está relacionada a variações no Sistema Nervoso Central. O indivíduo apresenta uma alteração em determinada área do cérebro.

Outro fator relevante nesses quadros é o nível de funcionamento do sistema nervoso central desses indivíduos se apresentar abaixo do esperado para a sua faixa etária e escolaridade. Para exemplificar esses transtornos de aprendizagem temos a Disgrafia, Dislexia e a Discalculia. É importante ressaltar que tanto a dificuldade na aprendizagem quanto os transtornos de aprendizagem geram grande sofrimento emocional e baixa autoestima.

Diante disso, identificar e procurar tratamento especifico é de suma importância, para que os prejuízos sejam minimizados. Proporcionando assim qualidade de vida e a redução dos danos causados a autoestima destes indivíduos.